Olá, Visitante!

23 de Julho de 2017

ARTISTA Gonçalo Ivo

Foto: Denise Ivo Texto: Bolsa de Arte/André Seffrin



[Cotações]
Gonçalo Ivo de Medeiros 1958, Rio de Janeiro, RJ

Biografia: Filho do poeta Lêdo Ivo, fez seu primeiro aprendizado de arte em 1976 no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, onde estudou pintura com Sérgio Campos Mello e desenho com Aluísio Carvão. Nesse mesmo ano ingressou na Escola de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Fluminense. Participou do Salão Nacional de Artes Plásticas em 1978, 1981 e 1982. Em 1984 integrou a famosa mostra Como Vai Você, Geração 80?, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. A partir dessa época, foi intensa sua participação em coletivas no Brasil e no exterior. Realizou a primeira individual em 1980, na Galeria Rodrigo M. F. de Andrade/Funarte, Rio. Exposições recentes no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (1994 e 1998), Dan Galeria, São Paulo (2000), Galeria Anita Schwartz, Rio de Janeiro (1999, 2002 e 2004), Venice Design Art Gallery, Veneza, Itália (2002, 2003 e 2005), Galeria Flak, Paris (2003) e Instituto Moreira Salles, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Poços de Caldas e Porto Alegre (2003 a 2005, itinerante). Frederico Morais escreveu a seu respeito em 1997: “Gonçalo Ivo pinta sua própria pintura. Temas como Barreiras ou São Francisco deixaram de ser um referencial, são apenas forma e cor. E de fato, como em Volpi, basta mudar uma cor para que toda estrutura espacial se modifique.” Em 2000, transferiu residência para Paris, França. Em 2012, realiza exposição indivdual na Galerie Boulakia, Paris, na qual exibe 30 pinturas recentes, a grande maioria em grandes formatos. Acompanhando a exposição, a Galerie Boulakia publicou um catálogo de 90 páginas com texto da historiadora e crítica Lidia Harambourg com 32 imagens em cores. Lança o livro “Oratório”, sobre sua obra pela Editora Contracapa, Rio de Janeiro, com 290 paginas. A edição é trilingue e conta entre outros textos, com um longo ensaio de um dos mais renomados criticos europeus, Marcelin Pleynet, autor de livros sobre Motherwell, Matisse, Rothko e Cézanne.  

Referências: Explode geração! (Avenir, 1987) e Gonçalo Ivo (Galeria Saramenha, 1990), de Roberto Pontual; Livro de aquarelas (Fonte S.A.,1990) e Diário de imagens (Edições do Kivu, 1997), de Gonçalo Ivo; Cronologia das artes plásticas no Rio de Janeiro: 1816-1994 (Topbooks, 1995) e Gonçalo Ivo (Salamandra, 1997), de Frederico Morais; Pintura brasileira do século XX: trajetórias relevantes (4 Estações, 1998), de Olívio Tavares de Araújo; Gonçalo Ivo: o livro das árvores (Sextante, 2000); Marcantonio Vilaça (Cosac & Naify, 2001); Gonçalo Ivo: aquarelas (Andrea Jakobsson, 2002); Gonçalo Ivo (Venice Design, 2003), de Lionello Puppi; Gonçalo Ivo: aquarelas e têmperas (Instituto Moreira Salles, 2003); Lidia Harambourg. Catálogo Galerie Boulakia, Paris, 2012. Gonçalo Ivo. Fernando Cocchiarale, Edições Pinakotheke, 2008. Diversos autores. "Oratório", Editora Contracapa, Rio de Janeiro, 2012.

ok