Fotógrafa, artista plástica. Desde 1988 participa de expos..." /> Bolsa de Arte

Olá, Visitante!

22 de Junho de 2017

ARTISTA Claudia Jaguaribe

Foto: Mauro Almeida Texto: Baró/ adaptação Renato Rosa



[Cotações]
Claudia Jaguaribe Gomes de Mattos Rio de Janeiro, RJ, 1955

Biografia:

Fotógrafa, artista plástica. Desde 1988 participa de exposições nos principais museus e galerias de arte profissionais no Brasil e no exterior. Sua formação é em História da Arte, Artes Plásticas e Fotografia. Cursou o Wellesley College, Wellesley, Mass., E.U.A, entre  1975 e 1977; e possui o bacharelato em Art History, pela Boston University, Boston, Mass., E.U.A, 1979. De volta ao Brasil, torna-se responsável pelos cursos de artes plásticas e fotografia na Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, de 1979 a 1981; e pelo setor de fotografia da Fundação Rio Arte, de 1981 a 1984, e da Casa de Cultura Laura Alvim, de 1984 a 1986. Além das atividades didáticas, realiza fotografias de moda e publicidade para diferentes jornais Folha de S.Paulo, O Globo, Jornal do Brasil, The Harvard Magazine, e revistas Veja, Exame, Playboy, Vogue, Marie Claire, entre outras. A partir da primeira exposição individual, em 1982, passa a expor regularmente nas principais cidades brasileiras e no exterior. Sua produção se caracteriza por uma intensa pesquisa plástica que utiliza diferentes mídias para lidar com diversas questões da contemporaneidade. Seu trabalho vai da criação de imagens deslocadas do seu sentido original tais como a “Série Azul”, “Amores Brutos” e “Ma Femme”, a trabalhos de cunho documental onde retrabalha o próprio formato da documentação como no “Corpo da Cidade” e no “Você Tem Medo do Que”. Nos últimos seis anos se voltou para a questão da paisagem como reinvenção da natureza na série “Quando eu Vi”. Sua produção está baseada na fotografia digital e no vídeo. Com uma forte investigação estética sobre a descontração da imagem e a captura do contemporâneo, Jaguaribe subverte a cor e a forma ao utilizar-se de referências da Historia da Arte, que resultam uma combinação de um olhar pessoal com o olhar virtual. Em 2010 recebeu o prêmio Marc Ferrez de fotografia da Funarte pelo projeto “O seu caminho”. Foi nomeada para o prêmio Pictet de fotografia de 2010 e o seu trabalho foi selecionado para o livro “Growth”. Foi selecionada para a edição em 4 línguas do livro “Fotolivros da América Latina”. Ganhou o edital da ProAC 26: Apoio de projetos para edição de livros de fotografia no Estado de São Paulo para o desenvolvimento do livro “Amor Concreto”. Seus trabalhos estão nas principais instituições de arte contemporânea públicas e privadas brasileiras como a Coleção Itaú Cultural, Acervo de Fotografia do Museu de Arte Moderna de São Paulo, MAM-SP; Museu de Arte de São Paulo, MASP; Instituto de Arte Contemporânea Inhotim, Coleção de Fotografia de Joaquim Paiva; Coleção Instituto Itaú Cultural, São Paulo, SP e Coleção de Fotografia Pirelli do Museu de Arte de São Paulo. Sua obra está documentada nos livros “Cidades”, Editora Cia das Letras, 1993; “Quem Você Pensa Que Ela É?”, Editora 34, 1995; “Atletas do Brasil”, Editora Sextante, 1999;  “O Corpo da Cidade”, Editora BEI, 2000; “Aeroporto”, Editora Códex, 2002; “As Cidades do Brasil”, Rio de Janeiro, PubliFolha, 2006 e “Passagio per Roma”, Ed Bandecchi, Viviadi Pontedera, Itália, 2008. Seu currículo profissional conta com mais de 35 exposições individuais no Brasil e no exterior, sendo as mais destacadas as realizadas na Galeria Saramenha, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 1982; Museu de Arte de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil, 1983; Escola de Artes Visuais, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 1985; Galeria Paulo Figueiredo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 1986; Paço Imperial, Rio de Janeiro, RJ, Brasil e Galeria Camargo Vilaça, São Paulo, SP, Brasil, 1997; Galeria Camera Work, São Francisco, EU; 1998; Galeria Baró Senna, São Paulo, SP, Brasil, 2000; The Gallery of the Kennedy Center, Washington DC, EU, 2001, Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, SP, Brasil, 2002; Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 2003; Paço das Artes, Você tem medo do quê?, São Paulo, SP, Brasil, 2006. Entre as mostras coletivas destacam-se Centro de Disusion Y Estudios de La Fotografia, Chile, e Centre Régional de la Photographie, França, ambas em 1987; Kupferstichkabinett der Akademie der bildenden Kunste, Áustria, 1989; Museé de la Photographie de France, França, 1992; I Bienal de Fotografia, Curitiba, PR, Brasil, 1996; Centro Cultural Banco do Brasil, Rio de Janeiro, RJ, Brasil e Centro Cultural Light, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, ambas em 1998; Galeria The Latin Collecto, NY, EU, 2001; Espaço Cultural Contemporâneo Venâncio-ECCO, Brasília, DF, Brasil e Galeria Baró Cruz, São Paulo, SP, Brasil, 2004;

Galerias de Centro Cultural Parque de Espanha AECI, Buenos Aires, Argentina, Museu de Arte Moderna, São Paulo, Brasil, Loop, Barcelona, Espanha, 2005; Centro Cultural da Justiça Eleitoral, Arquivo Geral, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Circuito de Fotografia/SP, Shopping Iguatemi, SP, Brasil, Festival Internacional de Fotografia de Roma, Roma, Itália, MAC, São Paulo, SP, Brasil, New Life Shop Gallery, Berlim, Alemanha, 2008; “EXTREMOS: Fotografias da Coleção Maison Europeénne de la Photographie”, Paris, França, 2011 em Paris e “Colecionador de sonhos”, Instituto Figueiredo Ferraz, São Paulo, SP, Brasil, 2011/12. Vive e trabalha em São Paulo, SP.Galerias de Centro Cultural Parque de Espanha AECI, Buenos Aires, Argentina, Museu de Arte Moderna, São Paulo, Brasil, Loop, Barcelona, Espanha, 2005; Centro Cultural da Justiça Eleitoral, Arquivo Geral, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, Circuito de Fotografia/SP, Shopping Iguatemi, SP, Brasil, Festival Internacional de Fotografia de Roma, Roma, Itália, MAC, São Paulo, SP, Brasil, New Life Shop Gallery, Berlim, Alemanha, 2008; “EXTREMOS: Fotografias da Coleção Maison Europeénne de la Photographie”, Paris, França, 2011 em Paris e “Colecionador de sonhos”, Instituto Figueiredo Ferraz, São Paulo, SP, Brasil, 2011/12. Vive e trabalha em São Paulo, SP.

Referências:

Rubens Fernandes Júnior, Revista IrisFoto, (março de 1990); Coleção Pirelli/MASP de Fotografias: vol. 4, Masp, de Anna Carboncini (1994);  Claudia Jaguaribe. Atletas do Brasil. Prefácio Marcos Augusto Gonçalves. Introdução Leão Serva. Rio de Janeiro, (Sextante Artes, 1999); Claudia Jaguaribe. Cidades. Texto Milton Hatoum, (Companhia das Letras, 1993); Ângela Magalhães & Nadja Fonseca Peregrino. Fotografia no Brasil. Um olhar das origens ao contemporâneo. Apresentação Pedro Karp Vasquez. (FUNARTE, 2004); Simonetta Persichetti. Imagens da fotografia brasileira. Prefácio Evaldo Mocarzel. (Estação Liberdade, 1997). www.claudiajaguaribe.com.br

ok