Olá, Visitante!

25 de Setembro de 2018

ARTISTA Baptista da Costa

Foto: Arquivo/ Ruth Costa e Ariosto Berna Texto: Bolsa de Arte/Renato Rosa



[Cotações]
João Baptista da Costa 1865, Itaguaí, RJ 1926, Rio de Janeiro, RJ

Biografia: Foi professor e pintor. Segundo observa o crítico Roberto Pontual, o artista era “...de origem humilde, tornou-se órfão aos oito anos de idade, passando a viver com parentes da mesma condição econômica, entre os quais não conseguiu adaptar-se. Fugiu então para o Rio de Janeiro onde, por sua própria iniciativa, internou-se no antigo Asilo de Menores Desamparados, logo participando da banda local (tocava bombardino) e iniciando aprendizado de encadernação e desenho, este último com Antônio Araújo de Souza Lôbo”. Com o apoio do Barão de Mamoré, então Ministro do Império, em 1888 ingressa na Academia Imperial de Belas Artes. Em 1894, conquistou o Prêmio de Viagem à Europa no Salão Nacional de Belas Artes. Seguiu para Paris em 1896, estudou na Academie Julien onde foi aluno de Robert Fleury e Jules Joseph Lefebvre. Retornando ao Brasil em 1898, expôs no Rio de Janeiro. Em 1900, ganhou medalha de ouro no Salão Nacional de Belas Artes. A partir de 1906, foi professor na Escola Nacional de Belas Artes, cargo que manteve até sua morte (também foi diretor entre  1915 e 1926). Suas obras foram incluídas em importantes exposições coletivas como “Exposição Retrospectiva da Pintura no Brasil” e “Um Século da Pintura Brasileira até 1900”. Entre os estudiosos de sua obra encontram-se Laudelino Freire, Carlos Rubens, Teodoro Braga, Francisco Acquarone e A. de Queirós Vieira. Seus trabalhos constam em importantes coleções nacionais privadas e em instituições públicas como o Museu Nacional de Belas Artes, Museu Histórico Nacional, Museu da República, Pinacoteca do Estado de São Paulo e Museu de Arte de São Paulo.  

Referências: PONTUAL, Roberto, “Dicionário das Artes Plásticas no Brasil”, editora Civilização Brasileira, 1969; SEFRIN, André, Catálogo Bolsa de Arte, 1997. FRANCISCO, Nagib. João Batista da Costa, 1865-1926. Rio de Janeiro, Pinakotheke, 1984.

ok