Olá, Visitante!

17 de Dezembro de 2018

ARTISTA Oscar Pereira da Silva

Foto: Reprodução Texto: Bolsa de Arte/André Seffrin



[Cotações]
Oscar Pereira da Silva 1867, São Fidélis, RJ 1939, São Paulo, SP

Biografia: Pintor e professor de arte, entre 1882 e 1887 estudou na Academia Imperial de Belas Artes, no Rio de Janeiro, tendo como professores Zeferino da Costa, Vítor Meireles e José Maria de Medeiros. Como assistente, colaborou na execução dos painéis decorativos da nave principal da Igreja da Candelária. Obteve o prêmio de viagem à Europa, fixando-se, de 1889 a 1896, em Paris, onde estudou com Bonnat e Léon Gerôme. De volta ao Brasil, seguiu para São Paulo, onde tornou-se professor do Liceu de Artes e Ofícios. Entre outros prêmios, em 1933 obteve a grande medalha de ouro no Salão Paulista de Belas Artes. Integra os principais museus brasileiros. Em 1982, foi incluído na mostra 150 Anos de Pintura de Marinha na História da Arte Brasileira, no Museu Nacional de Belas Artes.

Referências: Contemporâneos: pintores e escultores (Benedicto de Souza, 1929), de Gonzaga Duque; História da arte no Brasil (Oscar Mano & Cia, 1939) e Mestres da pintura no Brasil (1950), de Francisco Acquarone; Artistas pintores no Brasil (São Paulo, 1942), de Teodoro Braga; História da pintura no Brasil (Leia, 1944), de José Maria dos Reis Júnior; História da pintura brasileira no século XIX (Pinakotheke, 1983), de Quirino Campofiorito; 100 obras Itaú (MASP, 1985); 150 anos de pintura no Brasil: 1820/1970 (Ilustrado pela coleção Sergio Fadel, Colorama, 1989), de Donato Mello Júnior, Ferreira Gullar e outros; Coleção Aldo Franco (Pinakotheke, 2000), de Jacob Klintowitz; Impressões de um amador: textos esparsos de crítica 1882-1909 (Fundação Casa de Rui Barbosa/UFMG, 2001), de Gonzaga Duque, organização de Júlio Castañon Guimarães e Vera Lins; Pintores paisagistas: São Paulo - 1890 a 1920 (Edusp/Imprensa Oficial, 2002), de Ruth Sprung Tarasantchi; Nacional estrangeiro: história social e cultural do modernismo artístico em São Paulo (Companhia das Letras, 2003), de Sergio Miceli; O Brasil do século XIX na coleção Fadel (Fadel, 2004), de Alexei Bueno.

ok