JOÃO DE ORLEANS E BRAGANÇA (1954, Rio de Janeiro, RJ )

BIOGRAFIA:

Começou a fotografar profissionalmente em 1987. Colaborou com reportagens para revistas como Manchete, Geográfica Universal, entre outras. Realizou as exposições "Grafismo e Sombras", Galeria Maurício Leite Barbosa, Rio de Janeiro, 1987; Galeria Montessanti, São Paulo, 1988; Galeria Charles Sablon, Paris, França, 1988; Galeria Centro Empresarila Punta del Este, Uruguai, 1989; Galeria Contemporânea, Novo Hamburgo, RS, 1989; "Campos de Altitude", Museu Koenig de História Natural, Bonn, Alemanha; Galeria de Arte da Caixa Econômica Estadual do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1990; "Siwa," Pequena Galeria 18, Rio de Janeiro, 2005; Espaço Pierre Cardin, Paris, França, 2007; Núcleo Casa 11, H.A.P. galeria, Rio de janeiro, RJ, 2012. Participou da Bienal de Torino, Italia, 1991. Publicou dez livros, quatro dos quais em parceria, a exemplo de "Rio Imperial", 1988 e "Campos de altitude", 1989. Em suas últimas apresentações exibiu originais resultados fotográficos através de abstrações sugeridas pelo reflexo na água com imagens de barcos atracados. Divide suas atividades enrte Paraty e Rio de Janeiro.

REFERÊNCIA:

Texto: Bolsa de Arte/André Seffrin/Renato Rosa.